28 de mar de 2012

Oração – Um encontro com Deus


Somos feitos para o encontro com Deus. Deus sempre dá o primeiro passo e se coloca próximo de nós. Ele nos dá momentos de encontro e aproximação. Cada um tem sua hora e sua oportunidade.

Deus se coloca a nossos pés nos concedendo a opção de iniciar uma relação de intimidade, nada mais nada menos, do que com o próprio Deus. (Jo 13,1-16)

Orar é aceitar e aprender a construir uma relação particular feita na medida das duas pessoas que tomam parte dela: Você e Deus. É necessário se conhecer bem para poder se compreender, e isso requer tempo, espaço, expressão, e estilo de vida.

Requer-se um longo processo de adaptação mútua e continua para chegar a compreender a linguagem e o modo de ser do outro. Sendo assim, na oração Deus nos coloca um intermediador que nos garante uma proximidade sem limites que é Jesus, que é um mistério incompreensível de como o Mestre se relaciona conosco a partir disso. Quanto a nós, colocamos toda nossa fragilidade humana e espiritual, cada ponto do nosso ser deve ser retratado com fidelidade em uma oração profunda.

Nós não inventamos uma maneira de se relacionar com Deus, devemos aprender que é Jesus que nos ensina isso ao lermos os Evangelhos repetidas vezes. Devemos compreender que o homem chega a sua plenitude fazendo uma aliança e história de vida com Deus mediante Cristo.

Cristo nesse trajeto de oração é o nosso companheiro que é fiel, compassivo, honesto, próximo e o mais importante é Aquele que nos conhece mais que nós mesmos e ama a cada um de nós de forma sem igual.

Assim, quando decidimos crer e orar, ou orar e crer, estamos dando um passo nessa direção de uma amizade com Deus de forma livre e desimpedida. Portanto, devemos mergulhar nesse canal de comunicação com Deus e saber que o amor é capaz de sustentar toda nossa vida pela oração que nos aproxima de Deus e suas bênçãos.

Para meditar:

1 Samuel 3,1-19 – Escutar a Deus

Jeremias 20,7-9 – Não resistir

Lucas 24,13-35 – Reconhecer Jesus caminhando conosco

Lucas 1, 26-38 - Confiar mesmo quando não se compreende

Read more...

20 de mar de 2012

O Real encontro com Deus

Todos nós cristãos conhecemos o nosso herói na fé que foi Abraão, que saiu da sua terra entre a sua parentela, para um lugar onde ele não imaginava ir. Obedecendo a voz do Senhor ele vai. É uma maravilhosa historia a qual não canso de ler e ouvir, e sempre aprendo quando leio sobre Abraão. Era Abrão da idade de noventa e nove anos quando ele teve o seu nome mudado para Abraão. Você já observou que todos aqueles que tiveram um encontro real com Deus obedecendo a sua palavra, todos Deus mudava o nome como também a sua vida e sua história?.
Não foi diferente com o Isaque não era bastante ser filho de Abraão para obter benção embora Deus tenha sido fiel por amor a Abraão, mas Deus também lhe diz:Eu sou o Deus de Abraão, teu pai. Não temas , porque eu sou contigo..Gênesis 26:24..
E Isaque foi fiel como o seu pai Abraão tendo também o seu encontro pessoal com Deus.
E Jacó? O que aconteceu? Embora fosse neto de Abraão também com benção garantida por Deus a seu avô,e ao seu pai não foi o suficiente.Teve Jacó um encontro pessoal que mudou sua história e também o seu nome. Então, disse: Não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel, pois como príncipe, lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste. Gênesis 32:28.
O que dizer de Saulo, o perseguidor, enquanto caminhava para atacar os crentes em seu belo cavalo? Que também teve o seu nome mudado para Paulo após um encontro pessoal com o Senhor?. Atos 9:4.
Não é bastante ser filho de crente, neto de crente, amigo pessoal de crente, falar o que Deus fez pelos seus pais, seus avôs ou seus conhecidos. Observe que cada um destes heróis da bíblia tiveram uma historia pessoal com Deus, não bastavam só pertencer a família carnal mais todos demonstravam uma comunhão real com Deus.
Por muito tempo fui filho de crente, não cansava de contar o que Deus fizera pelos meus pais. Freqüentava, sempre, regulamente a escola dominical e não perdia um só culto.
Mas foi preciso bem mais do que isto em minha vida, eu tive um encontro pessoal com Deus a ponto de ter a minha historia mudada, os meus atos, pensamentos, atitudes. Agora não só falo o que Deus fez aos meus pais, mas o que ele fez por mim. Eu louvo a Deus por esse encontro. Assim como ouvi da minha mãe falar que Deus não tem neto e sim filho, hoje não canso de falar aos meus filhos que tenha este encontro, pois Deus não tem netos e sim filhos.
Não basta freqüentar uma denominação, ter o nome entre o rol de membros, é preciso bem mais do que isto, é preciso ter um encontro pessoal com Deus e ter a historia mudada. Não basta falar o que Deus fez pelo outros e sim o que ele fez por você ou fará. É algo pessoal como falei.
O que Deus tem feito na sua vida?
Que possamos falar em nossas orações.
Deus de Abraão, de Isaque, de Jacó, Deus de Antonio, Maria, José, Josiel...
Tenha hoje você um encontro real com o seu Deus, e entre para a historia..


Por Josiel Dias

Read more...

4 de mar de 2012

O Deus Que Conhece Seu Nome


Ele chama as Suas ovelhas pelo nome. João 10:3

O ouvido humano está finamente sintonizado para captar especialmente dois sons: o som de uma moeda caindo no chão e nosso próprio nome. Você pode estar numa sala cheia de gente, com aquele vozerio e burburinho, mas se seu nome for falado, você vai identificar facilmente. Não existe nada tão pessoal como nosso nome. Se escuto meu nome, paro e procuro descobrir de onde veio a voz.

Você já esteve às seis da tarde em alguma estação do metrô de São Paulo? Ou na Rua 25 de Março, no mês de dezembro? Já assistiu a reportagens mostrando a saída da multidão de um grande estádio? Vemos apenas o povo, a multidão, um grupo de humanos. Mas, para Jesus, cada rosto é diferente. Cada rosto tem sua história. Cada um é Seu filho. Cada um tem nome. Ele não chama: “Pessoal, sigam-Me!” Ele nos chama individualmente.
Pense agora por um momento: seu nome é pronunciado pelos lábios de Deus! E não somente isso, mas também tem seu nome escrito nas mãos dEle! “Veja, Eu gravei você nas palmas das Minhas mãos” (Is 49:16). Isaías se lembrava de que muitos marinheiros tinham o nome daquelas pessoas a quem amavam em diversas partes do corpo. Nosso nome está gravado nas mãos de Deus. O acesso é mais fácil e rápido do que qualquer clique de computador. Apenas um movimento na mão e ali está o seu nome, o meu nome.

Jesus, como bom Pastor, conhece pelo nome cada ovelha do Seu rebanho. O jornalista Tim Laniek perguntou a um pastor de ovelhas se ele realmente conhecia as ovelhas. O pastor respondeu: “Eu sei o ano em que nasceram, as circunstâncias do nascimento, se fraturaram alguma pata, a que doenças são mais suscetíveis, que animal mais temem; conheço o temperamento de cada uma; se costumam se desgarrar do rebanho, etc.”
Não podemos imaginar Jesus, como nosso bom Pastor, nos conhecer menos do que isso. Ele também conhece as circunstâncias do seu nascimento, como seus pais o trataram, e como está seu coração agora.

“Jesus nos conhece individualmente, e comove-Se ante nossas fraquezas. Conhece-nos a todos por nome. Sabe até a casa em que moramos, o nome de cada um dos moradores. Tem por vezes dado instruções a Seus servos para irem a determinada rua, em certa cidade, a uma casa designada, a fim de encontrar uma de Suas ovelhas”.
Como é bom ter a certeza de que Jesus sabe nosso nome!

Fonte: Por uma vida melhor.

Read more...

Minha família : Eu e minha casa serviremos ao Senhor

Minha família : Eu e minha casa serviremos ao Senhor
"Os que vencem não são aqueles que ajuntam maior números de bens.São os que amaram a família e conheceram a alegria de ver esse amor ser retribuído. São aqueles que souberam o que significa dedicar a vida a um propósito maior do que a si mesmo. São os que conheceram a Deus e esperam ansiosamente pela eternidade com Ele."

Que tal combatermos a violência ao animal?

Que tal combatermos a violência ao animal?

Nosso único adorador :

Nosso único adorador :

Caraguatatuba - Litoral Norte Paulista

Caraguatatuba - Litoral Norte Paulista
Caraguá é do Senhor Jesus!

Reflita nisso...

"Você mesmo, em sua própria consciência, precisa sentir o próprio Cristo.
Você precisa ter convicção de que é a Palavra de Deus, mesmo que todo o mundo discorde.
E, enquanto você não possuir este sentimento, certamente não terá ainda provado a Palavra de Deus."
Martinho Lutero