6 de jan de 2010

Esqueça o passado,o arrependimento e o perdão foram dados por Deus à você!!

Um grande grupo de pessoas estava reunido em uma casa de uma pequena cidade portuária. Comentava-se que um homem, que estava tocando profundamente o coração das pessoas com sua mensagem, estava dando uma palestra. Sobre o que ele estava falando que causava tamanha agitação? Sobre arrependimento, novo nascimento e perdão. Além disso, ele também curava as pessoas.

Esse homem, é claro, era Jesus de Nazaré e a cidade era Cafarnaum, às margens do Mar da Galiléia.

Entre as pessoas em Cafarnaum que esperavam para ver Jesus, estava um homem tão gravemente paralisado, que tinha de ser carregado sobre uma maca por quatro homens. Contudo, quando chegaram até a casa onde estava Jesus, havia tamanha multidão que eles não conseguiram se aproximar dele. Esses homens deviam amar muito esse amigo e ter acreditado que ele poderia ser curado, se conseguissem levá-lo até Jesus. Portanto, subiram no telhado com a maca e tudo, removeram algumas telhas e baixaram seu amigo pela abertura.

Depois de todo esse esforço, o que disse o Mestre ao homem? “...Filho, os teus pecados estão perdoados” (Marcos 2:5). Por que ele disse isso? Por que falou sobre perdão a um homem que desejava desesperadamente ser curado de paralisia? Sim, Jesus curou o homem, mas por que ele primeiro lhe assegurou que estava perdoado?

Há necessidade de arrependimento e perdão todos os dias

Jesus não aceitou a evidência dos sentidos físicos, mas enxergou muito além da aparência exterior. Para ele, para algo ser real tinha de ser da maneira como Deus o criou. Deus declarou que tudo o que Ele fez era bom e isso inclui o homem (que significa todos os homens e mulheres) à imagem e semelhança de Deus. Quando alguém vinha até Jesus para ser curado, ele não via nesse alguém um sofredor mortal, como as demais pessoas o faziam. Jesus jamais aceitou tal visão. Ele via a todos como inteiramente bons, refletindo a perfeição de Deus. A visão teológica prevalecente da época era que o homem havia nascido pecador. Tivesse Jesus aceitado essa visão errônea, ele não teria conseguido curar.

Então, por que perdoar? Porque o perdão é vital para vermos espiritualmente, para curar e encontrar regeneração. A Bíblia indica que Jesus não tinha nenhuma escolha nessa questão. Ele sabia que Deus já havia perdoado esse homem, e que não poderia levantar falso testemunho contra o seu próximo. Ao compreender isso, somos capazes de enxergar que há necessidade de arrependimento e perdão todos os dias, quando vemos ou vivenciamos qualquer situação que não corresponda à perfeita criação de Deus.

Podemos nos lembrar o quanto um Deus que perdoa nos ama

Aprendi que jamais poderei vivenciar minha própria perfeição como filho de Deus, se nutrir pensamentos de ressentimento ou de crítica sobre qualquer pessoa. Se eu expulsar meu semelhante para fora do reino, metaforicamente falando, também serei expulso junto com ele.

Muitas vezes, o que nos impede de amar incondicionalmente é a justificação própria. Venho aprendendo continuamente que nem sempre é importante insistir em ter razão. Somos abençoados muito mais por ver e amar o que a outra pessoa tem de bom.

Às vezes, também precisamos perdoar a nós mesmos, a fim de superar um erro do passado que possa se arrastar até o presente. Isso se torna muito mais fácil quando nos lembramos o quanto um Deus que perdoa nos ama. Só existe uma única coisa que podemos fazer com o erro, corrigi-lo. Os erros são reparados, um de cada vez.

É importante ser completamente honesto consigo mesmo, e detectar e enfrentar qualquer conduta e pensamento remanescentes, pecaminosos ou errôneos. Por que nos agarrar a qualquer excesso de bagagem? Isso só nos retarda. O perdão de Deus não evita a necessidade de purificar nossas próprias ações.

De certa forma, a humanidade parece tão paralisada quanto aquele homem em Cafarnaum. Um comprometimento coletivo de perdoar teria de percorrer um longo caminho até dissolver a obstinada resistência do mundo às soluções pacíficas, e todos nós vivenciaríamos mais liberdade.

1 comentários:

Nanna Angel 07/01/2010 10:09  

Adorei o seu blogger, parabens vc eh mto caprichosa.
Bjinhus
Q Papai do céu esteja sempre com vc.

Postar um comentário

Minha família : Eu e minha casa serviremos ao Senhor

Minha família : Eu e minha casa serviremos ao Senhor
"Os que vencem não são aqueles que ajuntam maior números de bens.São os que amaram a família e conheceram a alegria de ver esse amor ser retribuído. São aqueles que souberam o que significa dedicar a vida a um propósito maior do que a si mesmo. São os que conheceram a Deus e esperam ansiosamente pela eternidade com Ele."

Que tal combatermos a violência ao animal?

Que tal combatermos a violência ao animal?

Nosso único adorador :

Nosso único adorador :

Caraguatatuba - Litoral Norte Paulista

Caraguatatuba - Litoral Norte Paulista
Caraguá é do Senhor Jesus!

Reflita nisso...

"Você mesmo, em sua própria consciência, precisa sentir o próprio Cristo.
Você precisa ter convicção de que é a Palavra de Deus, mesmo que todo o mundo discorde.
E, enquanto você não possuir este sentimento, certamente não terá ainda provado a Palavra de Deus."
Martinho Lutero