30 de jan de 2012

É preciso que aprendamos a nos tornar impermeáveis


Por acaso você já observou o que acontece com os patos quando dão seus mergulhos na lagoa? Eles simplesmente não se molham. Suas penas são cobertas com uma camada de óleo, tornando a ave impermeável. Ele retira cuidadosamente o óleo, da glândula uropigial, com o bico e o espalha por todo o corpo. Se você lavar um pato com detergente, ele se afogará no primeiro mergulho. Mas o pato não é a única ave privilegiada com esta proteção. Praticamente metade das aves possuem a tal glândula.
Ao liderar pessoas difíceis é fundamental desenvolver um mecanismo de proteção parecido com o do pato. De alguma maneira, é preciso que fiquemos “impermeáveis”. O grande erro é deixar que o temperamento difícil de uma pessoa se torne referência para você e para todos ao redor.
Se alguém fala alto demais em seu ambiente de trabalho, não vai demorar muito para que todos comecem a se comunicar aos berros. Será a vitória do erro. É preciso que aprendamos a nos tornar um pouco surdos, mantendo um jeito sereno de falar. Impermeáveis. O silêncio falará mais alto que os gritos, e a serenidade será a referência determinante para aquele ambiente.
O problema é que, além de não sermos "patos", muitas vezes, nos comportamos como verdadeiras "esponjas".
Temos a trágica capacidade de absorver tudo. Se alguém vomita num lugar público, logo buscamos um balde d'água para limpar o lugar. Porque não fazemos o mesmo com as pessoas que vomitam mau humor, inveja e raiva?

Absorver estes sentimentos como uma esponja é tão asqueroso e prejudicial quanto absorver o vômito alheio.
Se pensássemos desta maneira, não ficaríamos com tanta facilidade nos remoendo em ressentimentos. Prestou atenção nesta palavra? Vou repetir "re-sentimento". É sentir de novo o que já fez mal da primeira vez. Recebemos uma ofensa, basta a dor uma vez só. Mas preferimos comentar sobre o fato ressentidamente com alguém, depois com outro e mais outro... Ao final do dia já "re-sentimos" a mesma dor várias vezes. Jogue um balde d'água nessa sujeira! O perdão é o melhor remédio. Seja pato.. não seja esponja.

(Artigo extraído do livro "Como liderar pessoas difíceis").

1 comentários:

Srt A.S 02/08/2012 09:59  

estou apaixonada,por sua sabedoria,tenho lido cada post,e absorvo cada estruçao,tem me ajudado muito ,tenho passado por muita opressao,afliçoes,mas tenho orado e sei que jesus esta aqui.obrigada amada por levar aos nossos coraçoes,turbulento,a paz de jesus.
amo te em cristo jesus.

Postar um comentário

Minha família : Eu e minha casa serviremos ao Senhor

Minha família : Eu e minha casa serviremos ao Senhor
"Os que vencem não são aqueles que ajuntam maior números de bens.São os que amaram a família e conheceram a alegria de ver esse amor ser retribuído. São aqueles que souberam o que significa dedicar a vida a um propósito maior do que a si mesmo. São os que conheceram a Deus e esperam ansiosamente pela eternidade com Ele."

Que tal combatermos a violência ao animal?

Que tal combatermos a violência ao animal?

Nosso único adorador :

Nosso único adorador :

Caraguatatuba - Litoral Norte Paulista

Caraguatatuba - Litoral Norte Paulista
Caraguá é do Senhor Jesus!

Reflita nisso...

"Você mesmo, em sua própria consciência, precisa sentir o próprio Cristo.
Você precisa ter convicção de que é a Palavra de Deus, mesmo que todo o mundo discorde.
E, enquanto você não possuir este sentimento, certamente não terá ainda provado a Palavra de Deus."
Martinho Lutero